Home / NOTÍCIAS / 28 de abril – Greve Geral: Auditores Fiscais do Trabalho cruzam os braços

28 de abril – Greve Geral: Auditores Fiscais do Trabalho cruzam os braços

28-05-1

Atendendo ao chamado do Sindicato dos Auditores Fiscais do Trabalho do Estado da Bahia – SAFITEBA, os Auditores Fiscais do Trabalho paralisaram suas atividades no último dia 28 de abril e protestaram, no período da manhã, na frente da Superintendência Regional do Trabalho na Bahia – SRT/BA, no Caminho das Árvores, em Salvador/Ba, aderindo ao Dia Nacional de Paralisação, coordenado pelas centrais sindicais do Brasil.

O protesto foi para mostrar ao Governo Federal a indignação da categoria com relação as propostas de reformas Trabalhistas e da Previdência, que atingem todos os trabalhadores, tanto do setor privado, como público, além dos aposentados e pensionistas.

No período da tarde, os Auditores Fiscais do Trabalho participaram de caminhada no centro da cidade, juntamente com entidades sindicais representantes das classes trabalhadoras, centrais sindicais e trabalhadores em geral, em busca da valorização dos direitos trabalhistas e pelo fortalecimento da Previdência Social.

O SAFITEBA, as demais entidades de classes e as centrais sindicais, juntamente com os trabalhadores de todo o Brasil, esperam que, após todas as manifestações de puro descontentamento com as propostas de reformas apresentadas pelo governo, as quais retiram direitos históricos da classe trabalhadora, o Congresso Nacional ouça as vozes das ruas e abra negociação sobre os temas em questão.

28 de abril: Dia Internacional em Memória às Relacionadas ao Trabalho Vítimas de Acidentes e Doenças

O Dia Internacional em Memória às Vítimas de Acidentes e Doenças Relacionadas ao Trabalho, surgiu no Canadá por iniciativa do movimento sindical, e logo se espalhou por diversos países, organizado por sindicatos, federações, confederações locais e internacionais.

A data foi escolhida em razão de um acidente que matou 78 trabalhadores em uma mina no estado da Virgínia, nos Estados Unidos no ano de 1969. A OIT, desde 2003, consagra a data à reflexão sobre a segurança e saúde do trabalhador. Desde maio de 2005, o dia 28 foi instituído no Brasil por meio da Lei nº 11.121.

Segundo estimativas da OIT, ocorrem anualmente no mundo, cerca de 270 milhões de acidentes de trabalho, além de aproximadamente 160 milhões de casos de doenças ocupacionais. Dos trabalhadores mortos, 22 mil são crianças, vítimas do trabalho infantil. Ainda segundo a OIT, todos os dias morrem, em média, cinco mil trabalhadores devido a acidentes ou doenças relacionadas ao trabalho.

Fonte: jornal da Frente em Defesa da Dignidade do Trabalho

Veja Também

Fazenda flagrada com trabalho escravo na Bahia vai pagar rescisão

Fazenda flagrada com trabalho escravo na Bahia vai pagar rescisão

Os 19 trabalhadores resgatados em situação análoga à de escravos esta semana no sudoeste da ...

Deixe uma resposta

Facebook

Get the Facebook Likebox Slider Pro for WordPress